Wednesday, November 09, 2016

Cupcakes Decor - Cesto de Flores

2016_07_03

A massa do Costume - Chocolate e Beterraba e a decor "habituelle" de buttercream (o mais light que é possível...)
... Cor!!! É festa, o Espaço verde, reciclado e reutilizado, lindo, arejado!!!
Precisava de Flores: uma por cada um!

Thursday, October 13, 2016

Chamava-se Canito...


Há poucos meses... aquela despreocupada, branquela com manchas, chamada "Nininha"...
Agora... O Canito.

A nossa vida está bem mais pobre...

Thursday, October 06, 2016

Consentimento - ESPETACULAR!

VER...
Além de educativo, serve para muitas coisas da qual a nossa vida está envolta!


jinhos;*

Wednesday, September 28, 2016

Bolo Decor Coração de Rosas

2016_06_04
Red Velvet sem corante
Bolo chocolate com beterraba
Creme de pasteleiro - recheio e "Icing"
Decor: Muitos pedaços de pasta de açúcar, várias, cores, marmoreados também.
Pasta branca para remates (Corações) e Glacé real corado a negro para o reforço da ideia "dos Retalhos"

Agora... façam as vossas introspecções!

re·la·ção  (latim relatio-onis)
substantivo feminino
(...)
4. Dependêncialigação.
5. Vínculo ou enlace entre pessoas ou entidades
(...)
substantivo feminino plural
10. Conhecimentoamizadetrato.
11. Conjunto das pessoas com quem se tem conhecimentoamizadetrato.
(...)

re·ta·lho  (derivação regressiva de retalhar)
substantivo masculino
(...)
2. Parte de um todo. = FRACÇÃOPEDAÇO
(...)

http://www.priberam.pt/dlpo/Default.aspx

Wednesday, September 21, 2016

Ensinamentos Budistas, sff? Acho que não chego ao Natal!

Boa tarde. Noite... desculpem!
Alguém me pode ajudar e dar-me assim uma qualquer dica mais "zen", mais "budista", sobre COMO AGUENTAR AS BIRRAS DA MINHA FILHA?

E à que a juntar ao facto de, em 1 semana de pré-escolar, ela já ter comido rebuçados, e ficar a saber que o que na ementa escolar, 2x por semana, são "cereais", afinal são Estrelitas e Chocapic - nada cheios a abarrotar de açúcares adicionados, e que antes dos 5 anos devia ser "proibido"...
Coisas que nunca dei à minha filha e que, por acaso, ainda esta semana saiu mais um artigo a incluir Obesidade Infantil como um problema a resolver!!
E é, exactamente na escola, no lugar de "crescer com mais saber" que "furam o esquema"!!!

Vou ter um ataque, chelique, treco, piripaque ou macacoa qualquer - acho que não vou chegar ao Natal...

Tuesday, September 13, 2016

Este texto já dava pra 3 post diferentes...!

O dilema da folha branca.

Depois de ter ido a Barcelona e survido de Joan Miró e Antoni Gaudi, isto aparece até uma antítese!
Deve ser da Catedral que nos obriga a estar “tapadas” para “entrar”!
“Valha-nos Deus” que os Homens, já SÓ são pequenos (de h e m)!

Ora... então vou contar-vos um “episódio”… que só tem que ver com a minha própria noção de segurança/ insegurança!

Certa Rotunda, cerca das 14h Espanholas (melhor dizer Catalãs, não vá ferir o “ego à Pátria" de alguém!), um carro a arder!
(Não, não é ficção)
Pertinho, pertinho ao Museu de História da Catalunha

Em 2 minutos – repito: não é ficção!, a Rotunda (assim... A nossa Boavista no Porto, mas sem parque no centro- vista ampla) tem o 1º carro a fechá-la – descaracterizado, só uma luz azul rotativa à frente, mas ele atravessou-se nas faixas – e já ninguém, n-i-n-g-u-é-m, nem os gajos que andam de turista em jeito de Riquexó, “entram” sequer, no “Perímetro de circulação giratória obrigatória”.
Não há buzinas, não há “gente a sair dos carros” pra ver, e se o fazem, depressa voltam.

Mais 2 minutos, e a polícia aparece por todos “buracos”, há bombeiros e ambulâncias.
Olha-se, avalia-se e já só vale deixar arder (na outra ponta, já alguém dava informações à Polícia já desde o 1º carro) e há que lembrar que estavam mais que 35º de “tosta”!!!

Curioso – tal como começa, logo se pões tudo a andar novamente! É por outro Lado? Paciência! Ninguém respinga, resmunga, refila, lamenta. E se são quase que “vingativos” pra usar de imediato a buzina à mínima falha de alguém, (que te atrasaste a passar a passadeira: como com um carrinho de bebé!), ali, reina o Silêncio!

Também curioso, foi que, quem nos acompanhava, menos perante este evento (uma sorte que uma carteira só ficou esquecida, mas recolhida “pelos da casa” que seriamente a guardaram), chegam junto a nós e dizem, com surpresa (também para nós!) que a Estação de Metro da Catalunia estava fechada pela polícia.
Lógico! Seria o Carro em embuste? Qual a estação de ligação de transportes mais importante nos arredores? La Catalunia!

Deixou-se o carro arder! Parece que foi mesmo só um “incidente” isolado e sem outro desenvolvimento.

Sabem…
Eu acreditava-me uma pessoa livre de espírito, muito tolerante, nunca na vida racista muitíssimo menos xenófoba.
Mas, verdade, é que tenho medo! E neste momento, para minha vergonha, sinto medo de estar a ser xenófoba... medo e uma vergonha imensa...
Odeio e não vejo telejornais (ou será big brother dos horrores e da exploração dos terrores alheios?!?!?). Mas não me posso dizer isenta a todo.

Tenho medo – Bolas!
Tenho Medo de...
Yukatas (não há distinção entre h, m, ou criança - versão ligeira de quimono leve de Verão) ou do Quimono da Geisha da qual só temos mito e fascínio, mas que ata o Obi (Cinto que envolve Quimono ou Yukata) atrás para não ser confundida com uma prostituta comum.
Tenho medos dos Fatos "protocolares" de "Gente de Bem" que por ter fato, nos rouba escandalosamente e não senta "o Rabo no Mocho" como o farrapeiro do pintor, ou trolha, ou pedreiro, mecânico e afins, que se atrasou no pagamento à AT! Ou é Visitado pela ASAE!
Tenho medo de Burkas. Tenho medo de Hábitos (já repararam como que, sem cruz, sem corda e a tapar mais um cisco a cara, são tão... tão "iguais"?)
Tenho medo de fanatismos sejam eles de que espécie forem – políticos, ideológicos, religiosos…

Quantas vezes disse que “nasci no tempo certo, na época certa, no lado certo do mundo”…

Tenho medo de deixar de poder dizer isto.

Wednesday, August 31, 2016

Burkini

Este blog...
Este blog está vestido de burkini.


Põs-lhe, e porei bolos, purpurinas, velas e festas! Saborosas! Saborosíssimas, todas elas, ou não estariam aqui, neste blog, onde a falsidade é algo que não existe!

Mas... o "burkini" que a minha vida se tornou, mudou o rumo deste espaço que me dava o gozo de escrever só pela escrita, pelo "saber" e "sabor dos significados", dos sons, do "como tagarelar" cada palavra.

Habitualmente, aponto as palavras "menos correctas" da minha Filhota, e em comentário com alguém, falei em "acobertar".
E... Para mim, "acorbertar" era o acto da Mi cubrir os seus bichinhos, com as "Naninhas" (um panos).
E muito, bem mais culta e sábia que eu, a pessoa ensinou-me que "acobertar" existe!
Não tem só esse "significado" inocente, mas existe!

Senti-me "Burra".
Senti que já não sei escrever!
Sinto, é verdade que não escrevo há muito.
E chego aqui.. e vejo nas estatísticas que "alguém" ainda lê o que escrevi há séculos em tempos idos, cheios de outras intensidades (e mais tempo livre!!!)!

E veio mesmo a calhar com esta "onda do Burkini".
Porque eu senti que este blogue ficou vestido com um.
E isso não é bom.

Essa não é a mnica;*



De todo: tenho que vir mais aqui e não será só para "Bolos", por mais adorados, por mais prazer e desafio que me sejam.

Terei que voltar a escrever... E com erros, e com a gramática errada, sem correcção ortográfica, nem velha nem com acordos, com muitos actos falhados, muita "dislexia", mas com todos os lirismos, eufemismos e hipérboles que me caracterizam!
E também com muitas reticências... Que tanto, tanto, taaaanto têm a dizer!

Até breve!